Search

Programação: os benefícios do ensino não se limitam apenas ao desenvolvimento escolar



Muitos pais ainda têm dúvidas sobre os benefícios da programação para o aprendizado de seus filhos. É verdade que o curso de programação vem sendo adotado na escola como uma forma de integrar as disciplinas e trabalhá-las na prática, incentivando os alunos ao aprendizado e despertando sua curiosidade e interesse pela escrita, pela matemática e pelo inglês.


Os benefícios do ensino da programação não se limitam apenas ao desenvolvimento escolar, mas também desenvolvem muitas competências e habilidades necessárias para a vida adulta e oferecem novas possibilidades de carreira que podem ser consideradas futuramente pelas crianças.


Entretanto, ainda restam muitas dúvidas sobre o ensino da programação para as crianças. Existem muitos estereótipos que ainda permeiam o imaginário das pessoas sobre a disciplina e fazem com que o ensino da programação nas escolas seja considerado com grande cautela.


Por isso, resolvemos revelar a verdade sobre 5 mitos da programação:


1. Meu filho precisa ser um gênio da computação


Mentira! Não é preciso ser Steve Jobs para aprender a programar, nem mesmo estar na faculdade para começar a desenvolver projetos de programação. Claro, seu filho não irá começar desenvolvendo sofisticados softwares para a Microsoft, mas ele pode aprender conceitos básicos e desenvolver jogos simples, ou até mesmo programar robôs para exercer tarefas comuns como pegar objetos ou andar.


2. O curso de programação não é para o meu filho, ele não vai bem em matemática.


Na verdade, este é um excelente motivo para colocar seu filho no curso de Programação. Seu filho pode não ser o melhor aluno de matemática, mas isso não significa que ele não pode aprender a programar. A atividade desenvolve mais o raciocínio lógico que a matemática em si. Isso porque as atividades envolvem principalmente a atenção e concentração para organizar-se e resolver problemas.


Como resultado, a barreira da matemática será derrubada, seu filho passará a ver a matemática como algo mais simples e interessante, tornando-se mais fácil de aprender e exigindo menos esforço.


3. Não quero que meu filho seja antissocial


A imagem do programador na mídia geralmente é de uma pessoa que não sai de perto da tela do computador, e passa seus dias trabalhando em um quarto escuro, sem amigos ou família. Se essa era a sua maior preocupação sobre a programação, pode esquecer!

Apesar da programação envolver o uso de computadores e de tecnologia, a maioria dos projetos são desenvolvidos em grupos, o que envolve a troca de ideias e interação com os colegas. Quanto maior o projeto, maior a necessidade de se trabalhar em equipe, o que acaba por desenvolver o senso de coletividade e cooperação.


4. Precisa ter o melhor computador do mercado


Talvez a necessidade de melhores equipamentos apareça futuramente, se seu filho decidir especializar-se nessa área. Porém, para aprender o básico e mesmo para praticar em casa, não é preciso ter um equipamento de ponta. Um computador normal é o suficiente para desenvolver as atividades que ele vai aprender na escola. Dependendo do projeto, ele poderá até mesmo utilizar um smartphone.


5. Programar é uma atividade cansativa e muito difícil para as crianças


Sim, a programação exige escrever códigos e concentração. Mas não, isso não significa que a atividade é desagradável ou muito complicada para as crianças. A verdade é que tudo depende da abordagem da escola. A programação em si é uma atividade muito curiosa para as crianças, pois exige muita criatividade e imaginação.


Além disso, os pequenos que já nasceram numa era digital têm a oportunidade de conhecer melhor como essa tecnologia funciona e aplicar esse conhecimento na prática. A programação oferece autonomia e confiança às crianças, já que elas podem ver seu aprendizado gerando frutos na prática.


Agora você já conhece melhor os benefícios de se aprender programação na infância. E sejamos sinceros, programar está longe de ser um monstro de sete cabeças. Além de ser uma atividade divertida e interessante, desenvolve muitas habilidades para a vida pessoal e profissional de seu filho.


Na Maple Bear nós ensinamos o básico da programação aos nossos alunos com o intuito de desenvolver suas habilidades criativas, o raciocínio lógico, o espírito de coletividade, além de reforçar o ensino das disciplinas com a aplicação em atividades práticas, desenvolvendo da melhor maneira o aprendizado “mão-na-massa” de verdade. Entre em contato e saiba mais!


18 views0 comments